Scroll Top
  • en
  • fr
  • de
  • pt
  • es
+351 210 730 100
A história por trás da história

A história por trás da história

2015 é seguramente um ano que jamais será esquecido, porquê?

Porque marca o arranque da “viagem” do Jupiter Lisboa Hotel na Cidade das Sete Colinas.

Lisboa é história, é cultura, é lazer, é saudade, é viagem, é regresso, é eterna descoberta...

é Jupiter Lisboa Hotel.

 É aos seus bairros, monumentos, símbolos e cores que fomos buscar inspiração; celebramo-lo por dentro e por fora, numa combinação perfeita entre tradicional e moderno,
bem patentes na histórica fachada original de 1906, desenhada pelo reputado arquiteto Miguel Ventura Terra.

  Fado Lisboa Menina e Moça

Sabia que a decoração dos nossos pisos e quartos é inspirada no poema?

Ary dos Santos pensou, Carlos do Carmo imortalizou e o Jupiter Lisboa Hotel aproveitou.

 

Piso 1
Castelo de São Jorge

 

Piso 2
Alfama

 

Piso 3
Ribeira das Naus

 

Piso 4
Tejo, Belém e Oceanário

 

Piso 5
Terreiro do Paço

 

Piso 6
Bairro da Graça

 

Piso 7
Bairro Alto

 
O Nosso Compromisso?

Três C’s Resumem-no na Perfeição: Conforto, Confiança e Centralidade.

 Localizado bem no Coração de Lisboa em plena Avenida da República, o Jupiter Lisboa Hotel é a opção ideal para quem procura city breaks, short breaks ou viagens de negócios,
bem como para todos aqueles em busca de conhecer e explorar a magia da capital Portuguesa.

 

Respire Lisboa, Sinta Lisboa, Viva Lisboa!

 

Lisboa Menina e Moça

 No Castelo ponho um cotovelo
Em Alfama descanso o olhar
E assim desfaço o novelo
De azul e mar

 

À Ribeira encosto a cabeça
Almofada da cama do Tejo
Com lençóis bordados à pressa
Na cambraia de um beijo

 

Lisboa menina e moça, menina
Da luz que os meus olhos vêem, tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura

 

Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

 

No Terreiro eu passo por ti
Mas na Graça, eu vejo-te nua
Quando um pombo te olha sorri
És mulher da rua

 

E no bairro mais alto do sonho
Ponho o fado que soube inventar
Aguardente de vida e medronho
Que me faz cantar

 

Lisboa menina e moça, menina
Da luz que os meus olhos vêem, tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura

 

Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

 

Lisboa do meu amor, deitada
Cidade por minhas mãos despida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

VeriSign Secured, McAfee Secure, W3C CSS compliant
GuestCentric - Hotel website & booking technology